sexta-feira, 21 de novembro de 2008

CRUZAR AMIGOS

Saí de casa bem cedo. Com 12 anos vim morar em São Paulo, dividia a casa com mais 24 pessoas, todos postulantes a jogadores de vôlei. Uns viraram outros nem tanto.
Essa vida de atleta é muito cigana. Residi em 10 cidades direntes em 18 anos de carreira. Nesse tempo conheci muita gente, fiz colegas, alguns amigos e poucos viraram irmãos. E um destes irmãos, o Marco, criou a tese de "Cruzar Amigos".
O que nada mais é que apresentar um grande amigo que você fez em algum pedaço da vida a outro que também fez ou faz parte dela.
É incrível. Já tive esta oportunidade de fazer isso e vale a pena. Apresentei o Marco ao Tito (outro irmão que fiz jogando). O que surgiu desse encontro em que as histórias que vivi com um e com o outro se cruzaram? Uma confraria, ou melhor confrarias, uma de churrasco e outra de música. Viraram grande amigos.
Experimente. Apresente seu amigo de infâncio ao amigo do trabalho... acredite eles têm muito em comum, afinal viraram seus amigos.
Domingo irei rever um amigo de infância que fez o primeiro treino de volley da minha vida junto comigo, era um daqueles 24 que dividiram a casa comigo em 1987. Ele jogou em outros times, casou, tem 2 filhos e mora em Maringá. Neste fim de semana estará aqui com a esposa. Ótima oportunidade de cruzar os amigos.

3 comentários:

July Stanzioni disse...

Alê, querido...

Quem tem blog tem que ser fiel à ele, heim... por mais que o tempo seja pouco e afins, tem que escrever....

Vamos ver o lado poético desse menino-homem.... e como vc disse, realmente é uma boa terapia escrever...

Fico na torcida....
Beijos
July

Tito disse...

Pequeno Grande M
Gostei desta história de Bla Bla Bla!
Imagino que o seu tempo seja escasso mas escrever faz parte do seu dia dia. Será tranquilo!
Quem te conhece agora não tem idéia do caminho árduo percorrido para chegar onde chegou. Mas como você bem disse, o desejo de ser feliz te fez mais forte que tudo e ajudou a superar barreiras.
Grande abraço pra ti (... bem manezinho este termo)
Tudo de bom Irmão!

Maria disse...

Cruzar amigos é uma proposta muito interessante.
Em Floripa tem pessoas que estão inspirados nesta proposta.
Beijos.